Header Ads

Esquerdistas franceses acham mais importante salvar ratos do que evitar abortos

Na semana passada, uma campanha em vídeo que mostrava crianças e adultos saudáveis com Síndrome de Down foi proibida de ser veiculada na França por causa de um ativismo sem vergonha da extrema-esquerda. A alegação, por mais absurda que pareça, foi a de que tal campanha iria "traumatizar" mulheres que abortaram (leia-se: mataram bebês) que portavam a trissomia.

Exatamente os mesmos grupos de esquerdistas estão, agora, envolvidos em outro episódio verdadeiramente grotesco: Um abaixo-assinado alcançou 17.400 assinaturas contra o extermínio de ratos - sim, ratos de esgoto - iniciada há duas semanas em nove parques de Paris. A prefeitura da capital francesa criou um plano de ação para matar os animais após um suposto “boom” reprodutivo. 

O que é mais ridículo nessa história, além do próprio caso em si, é o nome do abaixo-assinado: "Parem o genocídio dos ratos." Por meio do site MesOpinions.com, Josette Bencherit criou o abaixo-assinado para condenar esta erradicação "motivada por razões visuais e por medo”. No texto, a psicopedagoga defensora dos direitos animais acusa também um veículo da imprensa francesa de tachar os ratos de “ameaça real” em uma manchete.

Agora, vamos entender isso.

Ativistas políticos que acham normal uma mulher engravidar intencionalmente - porque não existe gravidez acidental, exceto se a pessoa foi estuprada ou coisa similar - e depois largar o filho em pedaços em alguma lata de lixo, acham que é absolutamente anormal ou inaceitável que se extermine ratos de esgoto, animais que não fazem parte da cadeia alimentar e que vivem apenas em função do próprio homem. Isto, é claro, sem mencionar o fato de que tais animais são excelentes transmissores de doenças, algumas delas fatais.

É disso que quero tratar: a imoralidade intrínseca a este tipo de gente. É necessário ser muito imundo e malicioso para compreender essas atitudes como algo normal, sadio ou corriqueiro. Você, que é de direita, tem que acordar pra vida. Estamos lidando com psicopatas que não têm mais nem a vergonha de demonstrarem isso para nós.



Para combater essa imundície, é preciso parar de ser bundão!
'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();
Tecnologia do Blogger.