Header Ads

De fato, não devemos comemorar a guerra entre facções. O motivo é óbvio...

Não me importo minimamente com assassinos e estupradores mortos, assim como pouco me comovo com as notícias sobre a guerra entre gangues rivais. Ainda assim, não fico nada feliz com a guerra entre facções rivais e o motivo é bastante óbvio: nós vamos sair perdendo nessa.

Consigo perfeitamente compreender as pessoas. Elas estão de saco cheio de roubos, assaltos, assassinatos. Estão cansadas dessa sensação de insegurança, não aguentam mais a impunidade cotidiana. Quem mora nas periferias sabe que criminosos são frequentemente presos e soltos dias depois, e que muitos deles nem mesmo são presos, vivendo como donos do bairro ou coisa parecida. Eu sei como é, já vivi no meio disso.


Contudo, uma guerra entre estas facções não é boa para nós. Essa rivalidade vai gerar conflito armado e nós, cidadãos comuns, estaremos no meio do fogo cruzado. Inevitavelmente, cedo ou tarde, vítimas realmente inocentes vão surgir. Inevitavelmente, cedo ou tarde, essa guerra sairá dos presídios para as ruas, para as favelas, para os bairros, e vai atingir nossas casas e nossas vidas diretamente.

É sempre bom lembrar que não temos muito o que fazer. Esses bandidos têm metralhadoras anti-aéreas, fuzis, pistolas automáticas, nós não temos nada além de facas de cozinha. Estamos totalmente desarmados e temos uma polícia que é absolutamente incapacitada para lidar com algo dessa magnitude. Se essa guerra continuar, vamos ver tiroteios no meio da rua, a luz do dia, com mais frequência do que normalmente já acontece.

Não há motivos para comemorar nada disso. Sei que as pessoas ficam felizes em ver estupradores e assassinos morrendo, mas o que virá disso, no fim das contas, não será positivo para nenhum de nós. Somos aqueles que mais têm a perder.
'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();
Tecnologia do Blogger.