Header Ads

A desonestidade de Joice Hasselmann analisada quadro a quadro


Hoje recebi um vídeo que julguei interessante colocar aqui, para que meus leitores pudessem dar uma olhada. Não sei quem é o autor das legendas, mas corroboro 99% do que está aí. Veja o vídeo e, em seguida, darei minha visão sobre o assunto.


Como alguns devem saber, escrevi a respeito dessa briga entre ambos no início da semana (veja aqui). O que ocorreu, então, é que algumas coisinhas mudaram de lá para cá. Como deixei claro em meu primeiro artigo sobre o tema, não tinha ido atrás dos detalhes a respeito do assunto. Minha visão continua sendo a mesma sobre as "torcidas organizadas" que se aglutinaram para um lado ou outro, para mim são pessoas que não têm foco no que realmente importa, mas agora cabe uma análise mais técnica sobre o ocorrido.

No vídeo acima, como foi destacado por quem fez as legendas, é possível notar algumas claras mentiras da parte de Joice, que aliás fez uma belíssima abordagem do ponto de vista da guerra política, utilizando rotulagem, shaming, controlando a pauta, etc. Uma das mentiras mais graves que ela conta no vídeo é que Reinaldo teria começado a atacá-la, quando na realidade não foi. Quem atacou primeiro foi ela - tenho uma teoria que pode explicar as razões disso, explico depois - e foi a turma ligada a ela e a direita true que partiu para cima de Reinaldo Azevedo após ele ter feito algumas críticas às manifestações de 26 de março, convocadas por movimentos como MBL, VPR e outros.

Sobre isso, por exemplo, a crítica de Reinaldo foi totalmente válida. O MBL e outros movimentos chamaram as pessoas para as ruas com diversas pautas, muitas delas sem clareza alguma, a maioria dispensável e pelo menos uma que é até questionável. Como bem explicou Luciano Ayan em artigo sobre o assunto, o que parece é que os movimentos optaram por essa manifestação atendendo a pressão feita por opositores, ou seja, por esquerdistas e direitistas true que na realidade querem atacá-los de qualquer jeito. Reinaldo Azevedo estava certo ao dizer que as tais manifestações convocadas eram uma má ideia, ao menos da forma como foram pensadas, e isso é um fato político.

Foi a partir disso que começaram os ataques contra ele, mas curiosamente esses ataques não partiram do MBL, nem do Vem Pra Rua, nem de qualquer um dos que foram criticados por Reinaldo. Estes, na realidade, souberam lidar muito bem com as críticas. Quem partiu para a ofensiva contra o colunista foram justamente aqueles que, em tese, não têm nada a ver com o rolo e que se opõem ao MBL e afins: os direitistas true, dentre os quais Joice está envolvida (embora ela não se oponha, ao menos não claramente, ao MBL).

Minha teoria é, na verdade, a de que toda essa ofensiva foi apenas uma forma de tentar rachar a direita pragmática e fazer com que MBL, VPR e outros brigassem entre si, e se possível até que eles brigassem com o próprio Reinaldo. Joice tentou jogar o MBL contra Reinaldo Azevedo, assim como boa parte de seus seguidores. Por quê? Porque Reinaldo tem sido constante em criticar as posturas de figuras como Bolsonaro e similares.

Sobre o Reinaldo Azevedo, ainda, volto a dizer o mesmo que disse no artigo de antes. Ele pode mesmo não ser um "legítimo direitista", talvez seja só um social-democrata, um socialista fabiano como tantos dizem. Talvez. Isso, contudo, não é tão importante agora. O foco é outro. A quem interessa atacá-lo com tamanha voracidade e constância? Quem está ganhando com isso? Há pessoas tratando isso como prioridade, como se fosse mais importante do que a guerra contra a extrema-esquerda, o que é uma insanidade ou uma falha de caráter. Se a situação tivesse ficado como estava no começo da semana, um dando cutucadas no outro, tudo bem, mas o fato é que virou algo completamente insano.

Tudo isso, no fim, só corrobora com o que escrevi meses atrás. A 'direita true' se recusa a jogar contra a esquerda, mas joga contra a própria direita.
'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();
Tecnologia do Blogger.