Header Ads

Aprenda a debater (pt 4) - Combata fogo com fogo!

Como nos ensinou David Horowitz, a política é guerra, mas é guerra por outros meios. Muitas regras que valem para o combate corpo a corpo se aplicam à política, mas não todas. O título dessa postagem tem muito a ver com o que pretendo expor hoje.


Em uma situação de incêndio, o natural é jogar água - ou usar um extintor apropriado - para apagar o fogo. Da mesma forma, em uma luta corpo e corpo, desviar de um golpe desferido é muito mais efetivo do que golpear de volta no mesmo instante e deixar que o seu inimigo te acerte. No entanto, na política as coisas podem ser um pouco diferentes, e em certas situações você se verá encurralado, em desvantagem. Nessa situação, você poderá precisar de um lança-chamas em vez de um extintor de incêndio. Vou explicar...


Suponhamos que em um debate seu inimigo o tenha deixado em situação desfavorável, te atacando de forma eficaz e dando a você poucas alternativas. Presumindo que você não tenha como se esquivar do ataque, o que te resta é atacá-lo de volta, com mais intensidade e de forma mais eficiente. Naturalmente isso exige um trabalho prévio: você tem que saber com quem está lidando, tem que conhecer tudo o que for possível sobre seu interlocutor. O importante é sempre ter uma carta na manga para atacá-lo ou contra atacá-lo.

De toda forma, fazendo uma analogia mais realista, o que sugiro aqui é algo próximo do que fazem naquelas competições idiotas de tapa na cara, como no vídeo aí embaixo:



Percebam que o primeiro bateu forte, mas o segundo bateu muito mais forte. Obviamente o objetivo da competição é esse mesmo - e sim, é uma baita idiotice, mas o que importa aqui é a referência. Se você apanha, na política, precisa revidar, precisa bater de volta e de preferência com intensidade suficiente para derrubar seu algoz com um só golpe.

Pense, por exemplo, no personagem de Frank Underwood, da série House of Cards. O que ele faria se um adversário político publicamente o achincalhasse? Ele ficaria quietinho, acuado, ou reagiria como um monstro buscando alguma maneira de destruir quem tentou humilhá-lo? Obviamente Frank buscaria formas de destruir quem tentou destruí-lo, e por ser alguém astuto e experiente ele provavelmente conseguiria.

Aprecie mais um pouco dessa bestialidade:


'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();
Tecnologia do Blogger.