Header Ads

Aprenda a debater (pt 7 - final) - Apresente-se como a única alternativa

Como já foi dito nas etapas anteriores, em um debate político seu objetivo não é convencer o oponente e tentar convertê-lo. Também não é "ter razão" ou agradar aqueles que já o seguem - neste último caso, há exceções. O seu objetivo em um debate político de qualquer tipo é, normalmente, cativar o público e trazer para o seu lado os indecisos e as pessoas que, normalmente leigas e bem intencionadas, ainda veem em seus oponentes uma alternativa.

Dito isso, você tem que se mostrar como a única alternativa possível para estas pessoas. Você deve ao menos tentar garantir que elas vejam você como o único caminho a ser seguido, e para isso é necessário detonar a imagem de seus oponentes e reduzir seus pontos positivos o máximo possível.

Se mesclarmos esta ideia com o que foi proposto nas etapas anteriores, você já tem algumas alternativas aqui, e uma delas é atacar a reputação ou, pelo menos, tentar convencer a plateia de que seu opositor é alguém mal intencionado. Se você conseguir convencer as pessoas de que seu inimigo é ruim, mal e perverso, elas provavelmente verão você como o oposto, especialmente se você se mostrar o oposto.

Supondo que o tema debatido seja, por exemplo, a reforma previdenciária. Naturalmente a maioria das pessoas tende a concordar com o discurso esquerdista, porque ele é mais confortável. É aí que entra a nossa malandragem. Eu, se tivesse a oportunidade de discutir esse assunto publicamente contra um oponente de esquerda, diria o seguinte:

"A Reforma da Previdência é uma coisa aparentemente ruim, não é? As pessoas costumam pensar muito em curto prazo. Mas a verdade é que se essa reforma não for feita, vocês mesmos no futuro, talvez seus filhos e netos, enfrentarão problemas graves, talvez não consigam se aposentar, talvez não recebam os benefícios aos quais têm direito. O meu discurso pode parecer duro, mas ele é realista. Enquanto isso meu concorrente fica mentindo para vocês, dizendo aquilo que é agradável, porque na realidade ele simplesmente não se importa com o seu futuro ou de seus filhos. Ao contrário de vocês, ele está com a vida ganha, pois vai passar o resto de seus dias recebendo dinheiro do partido para defender essas mentiras. 

Entendam que eu digo a vocês a verdade, e faço isso pelo bem de todos. Meu adversário quer apenas dizer coisas agradáveis para ganhar votos, porque ele não tem nada a perder com isso, vocês é que têm. Enquanto você estarão, no futuro, preocupados com aposentadoria, preocupados com o benefício de seus filhos, sujeitos como ele estarão curtindo em algum iate ou em um hotel caro de Paris. A mentira que ele conta para vocês pode ser agradável agora, mas será dolorosa no futuro. Eu estou apenas pensando no que é melhor para todos vocês, para os seus entes queridos e para o futuro dessa sociedade. Tenho família, tenho um filho, não posso agir feito um irresponsável só para ganhar votos e atender os interesses do meu partido. Esse assunto é coisa séria!"

Só para que fique claro, estes dois parágrafos acima são de minha autoria e eu acabei de escrevê-los, o que prova que não é difícil pensar em um discurso apelativo, que seja ao mesmo tempo verdadeiro e útil para atacar o adversário. A propósito, você está desde já autorizado a usá-los em qualquer situação que for conveniente. 

Não há garantias de que esse tipo de discurso funcionará em qualquer plateia, mas a verdade é que se você conseguir soar convincente é certo que vá ganhar pelo menos alguns votos tirados de seu oponente. Como disse antes, é necessário que as pessoas te vejam como única alternativa.


'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();
Tecnologia do Blogger.