Header Ads

Deborah Duprat quer que nossos filhos pertençam ao Estado e isso deve ser combatido com vigor!


Deborah Duprat é "procuradora dos Direitos do Cidadão", membro da PFDC, órgão diretamente atrelado ao MPF. No entanto, ela não está muito a fim de defender os "direitos do cidadão", está mais para defender os direitos de certos partidos políticos que têm como finalidade o aparelhamento total da sociedade e do Estado.

Talvez você ainda não tenha visto isso, mas a tal procuradora disse em debate contra Miguel Nagib que as crianças "não pertencem às famílias", tentando com isso negar que a prerrogativa de educação moral e religiosa sejam funções dos pais e não da escola. Tudo isso aconteceu ontem durante debate sobre o projeto Escola Sem Partido. Veja:


O que ela cometeu aí chama-se ato falho. A procuradora acabou deixando escapar que a ideia por trás da doutrinação escolar é mesmo suplantar o papel da família na sociedade, fazendo com que as crianças cada vez mais sejam levadas a se rebelar contra seus pais. Nagib a confrontou bem, mas isso por si só não basta. É preciso entender que essa mentalidade apresentada por Deborah Duprat é a mentalidade comum de toda a extrema-esquerda.

É importante, ainda, ressaltar que como membro do Ministério Público Federal, Duprat é uma funcionária pública, e ela é sustentada com o dinheiro das mesmas pessoas a quem quer destruir. Garanto que se alguém tiver tempo e disposição de pesquisar a fundo vai achar um salário exorbitante e uma porção de benefícios para uma pessoa que, em tese, deveria atender o interesse da população, mas que atua fortemente contra ela. Outra coisa sobre Deborah é que a mesma tem um longo histórico de ativismo, em sua maioria pelos "direitos indígenas". Ou seja, é de fato uma esquerdista infiltrada em uma instituição pública, não é apenas uma mulher que "se expressou mal" ou que está "mal informada" como alguns disseram.


'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();
Tecnologia do Blogger.