Header Ads

E se a direita "true" estiver mesmo a serviço da esquerda?


Tenho aventado, nestes últimos meses, a hipótese - e reforço, por enquanto é apenas hipótese - de que a direita true esteja intencionalmente tentando sabotar os movimentos da direita eficiente e pragmática para favorecer a esquerda. No começo tudo parecia apenas uma guerrinha de egos, era uma coisa que ninguém levava muito a sério porque achava que logo acabaria. O problema é que não acabou...

Ontem, por exemplo, eu soube que Joice Hasselmann, para atacar Reinaldo Azevedo, que muitos chamam de falso direitista ou de socialista fabiano (pode ser que seja mesmo, a propósito), usou um texto escrito por um jornalista da extrema-esquerda, mais especificamente do Diário do Centro do Mundo. Aliás, me enviaram até o print disso:

Vamos entender isso direito.

Suponhamos que Reinaldo seja mesmo um falso direitista, um social-democrata ligado aos tucanos, como muitos falam. Mesmo que isso seja verdade, o que pode ser mesmo, como é que Joice conseguiria ser melhor do que ele usando um texto de um "jornalista" do DCM, portal mais petista que Brasil 247 e Carta Capital juntos? Aliás, que papo é esse de "machismo explícito"? Quer dizer que agora Joice sacou o deck das queixas feministas, que acreditam que uma mulher não pode ser criticada ou ofendida por um homem, mesmo que ela tenha criticado e ofendido este homem também?

Aqui a questão não é mais a treta entre ambos, mas a postura de Joice ao validar um jornalista de um blog declaradamente de esquerda, na realidade um blog de extrema-esquerda, que apoia abertamente partidos como PT, PSOL, PCdoB e afins, só para atacar Reinaldo. Eu já vi esse filme antes, e talvez vocês não lembrem dele, mas eu nunca esqueço.

Quando Olavo de Carvalho e o MBL "racharam" e o guru começou a sua série de ataques contra a integridade dos membros do grupo, ele usou de todos os artifícios possíveis para tentar negar que tivesse defendido aquelas mesmas pessoas, as mesmas ideias e o mesmo projeto pouco tempo antes. Até hoje, as razões verdadeiras para que Olavo tenha resolvido se voltar contra eles são misteriosas. Contudo, houve um episódio em específico que mereceu destaque, e que eu tratei aqui, e foi quando Olavo compartilhou um texto de Josias de Souza e outro de Vinícius Segalla, "jornalistas" do UOL, ambos assumidamente de esquerda em um portal que mal conseguia disfarçar seu petismo já àquela época, só porque os mesmos atacavam Renan dos Santos, que é fundador do movimento.

Olavo tinha, pouco tempo antes, dito em sua própria página que o portal UOL não era confiável, e os artigos feitos por Josias de Souza e Segalla eram, de fato, um enxoval de mentiras graúdas, que inclusive lhes renderam um processo. Mesmo assim, o guru da Virgínia utilizou os blogueiros de um site que era esquerdista, e que ele sabia ser de esquerda, só para atacar o MBL. Não é esquisito?

O que existe, aqui, é um padrão. Esta semana mesmo escrevi sobre os olavettes e bolsominions que passaram a repentinamente atacar João Dória, e isso foi logo depois que algumas pesquisas colocaram seu nome e que o mesmo se mostrou proeminente. Vale ressaltar, ainda, que o próprio Dória nunca falou ou cogitou se candidatar à presidência, pelo menos não até agora. As especulações surgiram após ele ter mostrado, em pouco tempo no cargo, um excelente trabalho a frente da prefeitura de São Paulo. É só isso.

Alguns seguidores de Olavo que resolveram atacá-lo, no entanto, tentam justificar os ataques - que na prática só interessam, no momento, à esquerda - porque segundo eles João Dória é apenas mais um tucano que apoia Geraldo Alckmin. O problema é que esta regra não foi válida quando Olavo de Carvalho apoiou abertamente Aécio Neves em diversas postagens feitas em sua página. Na época em que denunciei isso, seus seguidores surgiram com as desculpas de sempre, falando que foi um apoio "de momento". Mentira! Olavo disse, em uma postagem, com todas as letras possíveis, que Aécio poderia vir a ser o melhor presidente que o Brasil já teve. 

Agora, com todas as informações aqui presentes, e considerando que a família Bolsonaro também agiu diversas vezes no interesse da extrema-esquerda, incluindo a recente votação da privatização da CEDAE, resta a pergunta: Quem é a verdadeira direita? É aquela que luta contra a esquerda e que tenta ganhar terreno, ou é aquela que passa mais tempo atacando a própria direita ou a centro-esquerda enquanto endossa blogueiros e jornalistas petistas para isso?

Em tempo, tenho um amigo muito próximo que me informou algo curioso sobre Joice Hasselmann. Parece que no Paraná, antes de ser conhecida nacionalmente, ela era chamada de "Paulo Henrique Amorim de saia", e que a mesma tem certo nível de proximidade com figuras como Roberto Requião e Gleisi Hoffmann. Dá para duvidar disso? Eu não consigo.
'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();
Tecnologia do Blogger.