Header Ads

Nunca devemos fazer concessões aos inimigos, de nenhum tipo.

Como sempre digo por aqui, sei que é comum entre conservadores e liberais ou libertários a conduta intelectualmente honesta. Para o restante das situações da vida, esta é uma qualidade, mas não na política. Na guerra política ser intelectualmente honesto é um sinônimo de tolice e ingenuidade, e você vai entender o porquê.

Quando um adversário nosso defende uma ideia que parece boa, nossa primeira reação é concordar com o que ele diz. Por quê? Porque somos intelectualmente honestos, faz parte da psiquê liberal querer ser ideologicamente coerente. Só que isso é, no fim das contas, uma brecha. Por isso sugiro uma alternativa.

Em vez concordar com o adversário e entregar os pontos para ele, seria melhor perguntar "por quê?". Por que seu adversário diz defender aquilo? Esta é a pergunta que deve vir em sua mente, pois quando lidamos com inimigos espertos e oportunistas temos que estar preparados para que ele sempre tentem nos enganar, nos destruir ou ambos.

Não se trata de saber o que seu inimigo pensa, se trata é de saber quais os motivos dele, o que o impele a pensar daquela forma e dizer que defende aquilo. É como a questão da desmilitarização da polícia ou da legalização das drogas, pautas defendidas por uma boa parte da esquerda radical. Liberais e libertários tendem a apoiá-los nessas bandeiras, mas isso é burrice. Por que os esquerdistas defendem isso? Esta é a pergunta que precisamos fazer, temos que entender o que os motiva, o que eles querem com aquilo.

Entenda que a questão aqui não é discordar daquilo com o que você concorda, mas evitar dar qualquer tipo de apoio moral ao adversário. Mesmo que você concorde com o que ele diz, é preciso ter em mente que tudo pode ser um ardil para algo maior e que ele pode até estar tentando te usar em causa própria. Temos que parar de cair nessa!



'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();
Tecnologia do Blogger.