Header Ads

Postura de Theresa May é uma aula de retórica para a direita brasileira

A primeira ministra britânica Theresa May tem se mostrado firme e forte em suas atuações no parlamento, mas um vídeo que circula desde ontem nas redes sociais mostra que ela pode ser, de fato, uma segunda versão da já falecida Margareth Thatcher.

Primeiramente, vejam o vídeo, se é que ainda não viram:



Se você acompanha este blog sabe exatamente no que ela acertou. Vamos por partes:

- O primeiro acerto foi, acima de tudo, não ter se colocado em posição defensiva. Ao ser atacada pelo esquerdista Jeremy Corbyn, May revidou o ataque com um contra-ataque, deixando que a posição defensiva ficasse para ele. A maioria dos liberais, libertários e conservadores brasileiros jamais teria essa postura. Até mesmo esses sujeitos metidos a valentões, como Jair Bolsonaro, costumam ter uma atitude de recuo diante dos ataques que recebem.

- O segundo acerto foi a polarização. Esqueça quem fica por aí fingindo que não gosta de polarização, porque polarizar tem tudo a ver com política. Quando May questiona se a atitude de Corbyn seria útil para proteger os interesses dos cidadãos britânicos, e quando ela se coloca como a pessoa capaz de atender esses interesses, claramente o esquerdista fica em situação de desvantagem, pois parece apenas um tolo briguento e não alguém legitimamente preocupado com o bem-estar britânico.

- Ela não contou nenhuma mentira.

Como sempre digo por aqui, nós temos uma imensa vantagem em relação aos nossos adversários e inimigos esquerdistas, e é o fato de não precisarmos mentir. Nós até podemos contar mentiras, mas elas não são necessárias para que tenhamos sucesso em derrotá-los. Tudo o que precisamos fazer é dizer a verdade, mas fazê-lo de forma inteligente.

Via de regra, forma é tão importante quanto o conteúdo, mas somente o discurso com boa forma é capaz de fazer com que o conteúdo chegue até quem deva recebê-lo.
'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();
Tecnologia do Blogger.