Header Ads

Rui Falcão comparou Dirceu e Vaccari ao ex-goleiro Bruno, mas eles são piores...


Rui Falcão elogiou a decisão de Marco Aurélio Mello sobre soltar o ex-goleiro Bruno, e foi além. Ele disse também que está na hora de rever as prisões de Vaccari e José Dirceu, o que acabou dando a impressão de que houve uma comparação ali.

Ainda que deixemos as suspeitas de lado e falemos apenas dos fatos já comprovados, a comparação que Rui Falcão fez entre João Vaccari Neto, José Dirceu e o ex-goleiro Bruno é indevida. Bruno é um assassino, não é flor que se cheire. Alguém que encarcera e mata uma pessoa com tanta crueldade evidentemente não é boa coisa. Só que o ex-goleiro não foi exatamente um gênio do crime, ele deixou provas suficientes para acabar na cadeia e, se não fosse a nossa legislação permissiva e absolutamente deplorável, talvez ele ficasse lá pelo resto de sua vida. Em um país sério a soltura de Bruno sequer seria cogitada pela Suprema Corte.

Por outro lado, sujeitos como Dirceu e Vaccari foram engrenagens importantes em um projeto de poder nefasto, e eles fizeram isso por muito tempo, de forma engajada e consciente. Na realidade, homens como Dirceu e seus comparsas são exatamente os mesmos que defenderiam assassinos como Bruno, chamando-o de vítimas da sociedade. Só não o fizeram antes porque estavam ocupados demais lidando com seus próprios e inúmeros problemas. 

Aqui a questão não é a ação em si. Objetivamente, Bruno é um criminoso mais "perigoso" do que os demais mencionados. O caso é outro. Trata-se, na realidade, de uma relação de causa e efeito. São figuras como Dirceu e seus aliados que criaram leis permissivas com a bandidagem. Graças a mentes como as que habitam o PT o Brasil é, hoje, um dos países mais violentos do mundo e é também o país da impunidade. O mero fato de Bruno estar solto agora tem direta relação com o que esses sujeitos construíram ao longo das últimas décadas. 

Se o presidente do partido tem a audácia de elogiar a soltura de um assassino confesso publicamente, o que então estas pessoas fazem longe das câmeras? Incentivar a bandidagem sempre foi um ato considerado não só aceitável, mas desejável, e é por isso que "direitos humanos" foram deturpados para proteger justamente aqueles que os violam.

José Dirceu, João Vaccari Neto e Antonio Palocci até podem nunca ter matado alguém diretamente. Eles nunca puxaram o gatilho - ao menos até onde sabemos. Mas quantas vidas sujeitos como eles ajudaram a destruir?
'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();
Tecnologia do Blogger.