Header Ads

Chico Alencar "se arrepende" de jantar no qual beijou a mão de Aécio. Eu gostei...


Se tivessem tirado uma foto do momento exato em que Chico Alencar beijou as mãos de Aécio Neves no jantar de Ricardo Noblat, eu certamente a colocaria como capa na página do Facebook e talvez até em meu perfil. Esse tipo de coisa acontece e não podemos perder a oportunidade de sacanear inimigos. No fim, todo esse chilique psolista contra os tucanos ficará marcado por este único evento, para sempre. No que depender de mim toda vez que o PSOL atacar o PSDB meu argumento será apenas esse: "Chico Alencar beijou a mão do Aécio."

Pode parecer banal, mas o que quero explicar aqui é a importância da rotulagem e como um fato tão pequeno, pequeno a ponto de poder ter até passado despercebido, pode destruir a reputação de um canalha como Chico. Falo isso em relação a Chico apenas porque para o Aécio, de qualquer forma, não muda nada. Ninguém jamais esperou que o mineiro fosse algum tipo de direitista raiz, ele sempre teve suas tendências esquerdistas bem expressadas em discursos e ações. Já o caso do psolista é realmente mais sério, porque ele posa de radical, quer vender a ideia de ser alguém "contra o sistema", mas beijou a mão de uma das maiores lideranças do partido que, segundo ele próprio, é um de seus maiores rivais na política nacional.

O que acontece é que a rivalidade - no mundo das ideias - entre PSOL e a "direita", que na visão deles é o PSDB, sempre foi muito além da mera divergência ideológica. Ela é moral. Psolistas são o tipo de gente disposta a assassinar a reputação de seus inimigos, eles não têm qualquer freio em inventar todo tipo de mentiras, de acusações graves, desde que isso sirva para destruir um oponente. Assim mesmo, Chico beijou as mãos de Aécio.

Agora é aquele momento em que nós, liberais, libertários, conservadores ou anti-esquerdistas em geral temos que esfregar na cara de todo e qualquer "libertário" de esquerda ou psolista assumido que o PSOL é só mais um partido, que o PSOL não quer renovar coisa nenhuma, que ele só quer mesmo é o poder e está disposto a rastejar até o colo de um tucano para isso se for preciso. Eles não são, portanto, melhores do que ninguém. Não são melhores do que Bolsonaro, que queria ser vice do Aécio, nem são melhores do que o MBL, a quem acusam de ser financiado pelo PSDB (acusação jamais comprovada, a propósito).

Esta deve ser a nossa linha de argumentação a partir de hoje: a desmoralização total e completa do oponente. Qualquer um que defenda Chico Alencar deve ser duramente ridicularizado e exposto, porque isso aqui é uma guerra onde só sobrevive quem atira.
'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();
Tecnologia do Blogger.