Header Ads

Dimenstein ataca Holiday porque é lacaio de Fernando Haddad

Não é de hoje a treta entre Gilberto Dimenstein, "jornalista" e dono do site de fake news e bobagens para caçar likes chamado Catraca Livre, e o vereador liberal Fernando Holiday. Essa briga começou no fim do ano passado e foi se estendendo no decorrer dos últimos meses.

Como todos sabem, no texto que escrevi sobre a atuação de Holiday com o jornalista Fábio Pannunzio, achei que ele pecou em alguns aspectos, em especial por ter perdido o controle da situação de forma tão nítida. No entanto, a chuva de ataques contra o vereador é motivada por pura perseguição política, e Dimenstein é protagonista neste teatro de ataques.

A queda de braço com o MBL, entretanto, começou um pouco antes, ainda no período eleitoral. Tudo isso foi em virtude de o Catraca Livre, um site que é assumidamente esquerdista, ter apoiado timidamente o candidato derrotado Fernando Haddad, enquanto o MBL apoiou abertamente o vitorioso João Doria. De lá para cá tudo isso se intensificou, e Dimenstein chegou a se mobilizar contra o prefeito de São Paulo, violando os direitos dos cidadãos de Vila Madalena, basicamente por dinheiro e por birra política, tal como noticiou o site Jornalivre ainda no mês passado.

É nítida a intenção puramente política do blogueiro, que está disposto a levar tudo isso a um nível abaixo do fundo do poço apenas para atacar seus opositores. As mentiras contra Holiday nunca pararam, e inclusive o site Catraca Livre chegou a veicular a informação falsa de que o vereador poderia ser até preso por ter feito "campanha irregular", matéria pela qual nunca se retratou.

Dimenstein não é jornalista, mas finge sê-lo. É uma postura execrável e a direita, que em parte está dividida entre apoiar o MBL ou atacá-lo por mera birra, deveria ter um pouco mais de unidade na hora de cair de pau sobre inimigos em comum. O blogueiro é - ou deveria ser - um dos alvos prioritários de toda a direita, inclusive dos bolsominions, uma vez que é um vendido ligado ao maior grupo de corruptos que este país já viu. No entanto estão mais preocupados em endossá-lo para ajudar no coro contra Holiday apenas por ele ser um membro do MBL.

É uma vergonha!

Cabe a nós e a qualquer pessoa minimamente honesta atacar este homem que finge ser jornalista, mas que teve a pachorra de brincar com a tragédia da Chapecoense apenas para ganhar uns likes a mais em seu site. Gente como Dimenstein é inimiga da liberdade.


'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();
Tecnologia do Blogger.