Header Ads

Os ataques constantes da extrema-esquerda ao MBL provam que o grupo está no caminho certo...


A partir do momento em que a extrema-esquerda começou a defender Jair Bolsonaro e passou a atacar o MBL e seus aliados de forma constante, uma coisa ficou evidente: Ela teme o movimento.

Claro está que o MBL tem sido mesmo um grupo muito eficiente no combate à esquerda radical no país. A própria queda de Dilma, que foi em grande parte organizada pelo movimento, é uma prova disso. Quase ninguém acreditava que isso seria possível, eu mesmo só passei a levar o assunto a sério quando, no início de 2016, o PMDB desembarcou do governo Dilma. Agora o grupo está encabeçando algumas lutas importantes e levantando bandeiras úteis, como o fim do Imposto Sindical e a revogação do Estatuto do Desarmamento.

O que a extrema-esquerda teme é perder a boquinha, mas ela também teme perder a hegemonia cultural e o monopólio das ruas. Indiscutivelmente o MBL foi muito mais eficaz em organizar as massas nos últimos anos do que qualquer grupo de esquerda. As manifestações de rua, por exemplo, quando organizadas pelo MBL chegaram a levar milhões às ruas do país. Manifestações organizadas pela CUT, UNE e outros grupos relacionados, quando muito chegaram a levar algumas milhares de pessoas, mas na maioria das vezes foi um completo fiasco. 

Hoje, aliás, era para ter ocorrido uma paralisação geral no país. O plano era esse. Entretanto, praticamente só os setores públicos é que pararam, e só em algumas localidades. Na maior parte do país o movimento fracassou miseravelmente, reduzindo-se a uns poucos sindicalistas e militantes. Nem de longe o caos programado aconteceu, porque a extrema-esquerda simplesmente perdeu a mão. Agora, sem nenhuma carta boa, resta o blefe.

Considero que ainda falta ao MBL melhorar em alguns pontos, como ter a coragem necessária para peitar sujeitos folgados como Eduardo Bolsonaro, batendo de frente e mostrando o que deve ser mostrado. Mesmo assim, admiro muito os envolvidos no grupo pelo que fazem. São, junto com mais alguns por aí, dos poucos que tiveram a coragem de se expor e dar a cara da tapa.
'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();
Tecnologia do Blogger.