Header Ads

Livres acertou em cheio ao criticar Bolsonaro desta vez

No ano passado a página do Livres no Facebook fez uma postagem a respeito de Jair Bolsonaro. Era uma crítica. Quando aquilo aconteceu, achei que faltou inteligência tática da parte deles. A postagem foi deletada após denúncias massivas de bolsominions furiosos (veja aqui), mas o conteúdo em si era mais do mesmo. "Bolsonaro apoia a ditadura militar", "Bolsonaro não gosta de gays", essas coisas de sempre.

Aquele post foi feito, se me lembro bem, entre setembro e outubro. Na época não houve timing para a postagem, o que fez parecer um ataque gratuito. Também houve um erro na escolha das razões para atacá-lo, pois nenhum dos seguidores de Bolsonaro parece se importar com as bobagens que ele diz sobre gays, tampouco se incomodam com o fato de o mesmo apoiar a ditadura. Na realidade, como já disse outras vezes, muitos de seus apoiadores o apoiam exatamente por isso, e não apesar disso.


Ontem, no entanto, a página do Livres acertou no tom. Na postagem abaixo dá para perceber que eles entenderam a jogada - ou, talvez, tenham começado a ler este blog, o que não duvido muito a julgar pela coincidência das informações.


Aí temos boas razões para atacar Bolsonaro. De fato, que moral esses sujeitos têm para se dizerem "a verdadeira direita" se, sempre que há necessidade de agir de forma efetiva, agem como esquerdistas? Além disso a postagem acerta perfeitamente o tom ao não utilizar uma postura defensiva. Bolsominions têm atacado o Livres há muito tempo - principalmente depois daquela postagem - e passaram a dizer que o PSL é o "PSOL sem O". A resposta do Livres, nesta postagem, foi um bom contra-ataque.

Em tempo, quero deixar claros alguns pontos.

1) Esta é uma análise sobre guerra política, e em termos táticos a postagem do Livres foi certeira.
2) Isso não significa que eu endosse outras postagens da página. Na realidade abomino completamente a esquerda "libertária", e infelizmente há muitos deste tipo na cúpula nacional do movimento, o que acaba me obrigando a manter distância saudável.
3) Em outras postagens, como naquela em que citam Emma Watson e na outra em que defenderam black blocs no ano passado, o movimento errou feio e pagou mico, e eu os critiquei por isso em ambos os casos.


'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();
Tecnologia do Blogger.