Header Ads

Delação da JBS deixa governo Temer em pedacinhos e pode transformar carreira de Aécio em pó

A essa altura todos já sabem: a JBS resolveu delatar e entregou ao STF documentos que sustentam uma acusação gravíssima.

De acordo com as provas apresentadas até agora, Aécio Neves recebeu R$ 2 milhões das mãos de Joesley Batista, de forma ilegal, e Michel Temer teria tentado comprar o silêncio do ex-deputado Eduardo Cunha, o que ainda não se sabe se com êxito ou não. O ponto é que essa descoberta veio em péssima hora para o governo.

Temer está trabalhando com as reformas trabalhista e previdenciária, e agora tudo pode simplesmente ruir. Os deputados e senadores que ainda não estão envolvidos no rolo obviamente vão tentar se afastar do governo, pois ano que vem teremos eleições e ninguém vai querer arriscar seu pescoço apenas por ter consciência da necessidade das reformas. Não é assim que políticos agem.

Para Aécio, pior ainda. Seu mandato como senador termina no final do ano que vem, e a única maneira de ele permanecer na política é através da eleição. Com uma bomba dessa magnitude, e ainda mais com as provas incontestáveis apresentadas pela Polícia Federal, não haverá escapatória. Se ele não acabar preso como Delcídio ou Cunha, acabará politicamente morto.

O que resta para ambos é a resignação. No momento, não há nada que possam fazer para se livrar da Justiça ou da opinião pública, que irá massacrá-los pelos próximos meses. Se Temer cair, haverá eleições indiretas, o que significa que o Congresso escolherá o presidente que ficará no cargo até o final deste mandato. Quem o Congresso escolheria, entretanto, se a maioria dos grandes caciques está atolada até o pescoço?

Quem quer que seja, se estiver também envolvido em escândalos poderá causar uma enorme ebulição social, talvez até maior do que a que houve em 2013. 


'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();
Tecnologia do Blogger.