Header Ads

Eleições diretas antecipadas beneficiam somente a um homem...


Lula.

O ex-presidente Lula, hoje, seria o maior beneficiado com uma eleição direta, e há uma porção de motivos para isso.

O primeiro motivo é que o ex-presidente ter articulado, de forma inteligente, a sua "volta por cima", e isso tem se tornado cada vez mais fácil pelo fato de que a Lava-Jato se arrasta para prendê-lo. O petista conseguiu sair de uma posição extremamente desfavorável para uma um pouco mais confortável em questão de meses, e apesar de ser réu em seis processos continua viajando país afora e reunindo seguidores, fazendo até campanha.

Outra razão muito fácil de compreender é que, diferente de seus possíveis concorrentes, somente Lula tem trabalhado com esta ideia de se reeleger antes do tempo. Os outros não estão politicamente preparados para isso, inclusive o deputado Bolsonaro, que atualmente está em pé de guerra com o presidente de seu partido, o Pastor Everaldo. Bolsonaro jamais conseguirá sair como candidato se a eleição ocorrer nos próximos meses, isto é fato. O mesmo vale para João Doria, que não teria tempo apropriado para preparar uma campanha.

Há, ainda, uma questão muito importante que precisa ser considerada, e é o envolvimento de Aécio Neves em um crime grave. Embora Aécio não tenha nada a ver com a direita, ele é de certo modo um dos símbolos de oposição ao PT. Nesse clima, é fácil para o povo mais leigo acreditar que seria bom colocar Lula, opositor de Aécio, de volta no poder.

Por fim, mas não menos importante, o enfraquecimento e a devastação da imagem de Michel Temer contribuem para este sentimento. Afinal, o povo derrubou Dilma e as coisas "ficaram piores", esta é a visão que as pessoas em geral acabam tendo sobre os fatos, ainda que seja uma visão errada. 

Vale ainda lembrar que esta bandeira das "Diretas Já!" vem sendo erguida pela extrema-esquerda desde o começo do ano passado, portanto é óbvio que eles têm algo a ganhar com isso.
'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();
Tecnologia do Blogger.