Header Ads

É o momento perfeito para destruir a narrativa de uma "Rede Globo conservadora". A emissora se assumiu esquerdista definitivamente...

Diante dos recentes casos, em especial o de ontem, em que o Fantástico declarou guerra direta contra aqueles que se indignaram com a pedofilia do MAM e da Queermuseu, ficou bastante claro de que lado a emissora está: o da extrema-esquerda.

Não que isso seja algo novo ou surpreendente, mas até então ainda havia pequenas lacunas no argumento. Desde a implementação de programas como Encontro, Amor & Sexo ou o mais recente Conversa com Bial ficou extremamente óbvio que a Globo havia fechado com a agenda de gênero da extrema-esquerda. Quem assiste eventualmente as novelas também já notou a forçação de barra até mesmo em detalhes, como na mais recente edição da novela Malhação, que impõe pautas esquerdistas em todos os temas possíveis.


Nada de novo. A questão é que ontem a emissora foi além disso. Ontem, no Fantástico, ela declarou guerra. A emissora fez o que esquerdistas sempre fazem, tentando rotular os opositores como pessoas malignas. Chegaram até a citar o caso de um traficante que teria expulsado umbandistas da favela como se isso, por acaso, tivesse algo a ver com a indignação coletiva diante da pedofilia explícita.

Agora, mais do que nunca, é o momento certo para a população chutar o balde e expor ao mundo o esquerdismo escancarado da Rede Globo. É a hora de dar um fim na narrativa esquerdista de que a Globo está contra eles. Esses patifes passaram anos tentando nos empurrar essa ladainha, mas agora não tem mais como esconder a verdade.
'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();
Tecnologia do Blogger.