Header Ads

Joel Pinheiro sobre as armas: O "libertário" que nem tem coragem de criticar o desarmamentismo

O patético Joel Pinheiro, auto proclamado libertário conhecido na internet, tem sido um dos principais nomes do submundo da política no que tange a defender bandeiras de esquerda.

Recentemente ele já havia feito um enorme papelão ao defender o pessoal da Agência Pública, de Leonardo Sakamoto, que lançou o projeto Truco, cuja finalidade em teoria é "desmascarar notícias falsas", mas na prática é um grupo para tentar intimidar jornalistas independentes e proteger a grande mídia.

Em vídeo recente, Joel falou sobre o ataque em Las Vegas e a questão das armas. Como libertário, caberia ao sujeito uma crítica contundente ao desarmamentismo, que é uma pauta antiga da extrema-esquerda - a mesma extrema-esquerda que pegaria em armas para matar seus oponentes. No entanto, em vez disso, Joel faz críticas frouxas e tangentes, sem nem mesmo chegar ao foco da questão.



O "libertário" faz parte do grupo não tão pequeno de tolos do ativismo que tem ressentimentos com o MBL. Como todos eles, Joel usa de todo tipo de desculpas para atacar o grupo, sendo que a única razão para tal atitude é o simples fato de o MBL ser absolutamente intransigente com boa parte das bandeiras esquerdistas, algo que alguns libertários entendem como "desnecessário".

No vídeo acima, Joel evidentemente tenta bancar o isentão alegando que o caso de Las Vegas não serve para o debate contra as armas e nem para o debate favorável, como se esta fosse a questão. Ninguém que defende o direito ao porte de arma tem a indecência ou a estupidez de achar que isso resolveria qualquer um dos problemas. O argumento, aliás, é o de que as armas servem tanto para o mal como para o bem e que, seja como for, isso é um direito inalienável.

Logo em seguida, ele afirma que não acha boa a ideia da liberação do porte de armas no Brasil, usando o argumento esquerdista de que "um monte de brasileiros armados" não seria uma coisa boa. Depois, afirma que "crimes passionais" aumentariam com a liberação, exatamente a mesma palhaçada esquerdista.

Vai ver é por isso que Joel tenha amplo espaço na mídia mainstream. Afinal de contas ele defende os mesmos "princípios". Simplesmente patético.


'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();
Tecnologia do Blogger.